NOTÍCIAS
compartilhar este link
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
29/06/2018
Consumo de sucos na Espanha caiu 2,7% em 2017

Fresh Plaza - 29/06/2018 - O país lidera nas exportações da Europa, com 775.672 toneladas, mas consumo doméstico cai


A Espanha foi em 2017 o país líder em volume de exportações de sucos e néctares, com um total estimado de 775,672 toneladas negociadas com países estrangeiros, embora o consumo doméstico caiu 2,73% para 808,15 milhões de litros, segundo dados do Ministério da Indústria, Comercio e Turismo, recolhidos pela Associação Espanhola de Fabricantes de Sucos (Asozumos).

O valor total das exportações atingiu 730,6 milhões de euros, equivalente a R$ 3.296, o que mostra uma excelente demanda de 464,8 milhões de euros, igual a R$ 2.093 milhões. O consumo interno foi de 17,36 litros por pessoa, um pouco abaixo da média europeia de 17,9 litros.

Os produtos mais demandados na Espanha foram o suco de laranja, com 34% de participação de mercado, seguido pelo suco de abacaxi e pêssego, com 19,2% e 17,8%, respectivamente. As multifrutas e a maçã tiveram 12,6% e 3,9%, mutuamente.

Portanto, segundo a diretora da Associação Espanhola de sucos e néctares Auto (AEAZN), Begoña Landajo, “o setor deve continuar se esforçando para oferecer produtos com maior valor agregado como uma das estratégias em que tem que insistir para continuar a oferecer aos consumidores produtos de qualidade, saudáveis e inovadores que atendam às suas necessidades, o que ajudará, sem dúvida, a uma recuperação do setor."

O Presidente da Confederação de Consumidores e Usuários (CECU), Fernando Moner também acrescentou que "neste momento o consumidor não tem ferramentas suficientes para fazer a melhor escolha de um ponto de vista nutricional e, portanto, é essencial que todos os links da cadeia alimentar trabalham em harmonia para proporcionar a maior clareza possível e que, desta forma, podem identificar se é um sumo de fruta, um sumo concentrado ou um néctar".

O presidente da Asozumos, Javier Lorenzo, comenta que "manter os altos padrões de qualidade e inovação que definem o setor continuará sendo relevante no cenário agroalimentar espanhol".