NOTÍCIAS
compartilhar este link
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
12/07/2018
Com vendas recorde aos EUA, embarque de suco cresce 30%

Valor - 12/07/2018 - Na safra 2017/18, exportações do Brasil renderam US$ 2,1 bilhões


As exportações brasileiras de suco de laranja renderam US$ 2,1 bilhões na safra 2017/18, que se encerrou em 30 de junho. O valor é 30% superior ao do ciclo 2016/17, quando a receita totalizou US$ 1,6 bilhão. Compiladas a partir de dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), as informações foram divulgadas ontem pela Associação Nacional dos Exportadores de Sucos cítricos (CitrusBR). 

Em volume, as exportações somaram 1,150 milhão de toneladas em equivalente de suco de laranja congelado e concentrado (FCOJ, na sigla em inglês) na safra 2017/18, um crescimento de 29% na comparação com as 894,6 mil toneladas embarcadas na temporada 2016/17. 

Em nota, o diretor-executivo da CitrusBR, Ibiapaba Neto, enfatizou o expressivo crescimento de 83% das exportações de suco de laranja aos EUA. "O mercado americano sofreu com os efeitos do furacão Irma, que prejudicou a produção local", afirmou. 

Além da necessidade americana de abastecer o mercado com suco brasileiro por causa da menor produção interna, a maior produção de laranja no Brasil também ajudou a ampliar as exportações do país, de acordo com o diretor-executivo da CitrusBR. "Na safra anterior o Brasil exportou menos em função da restrição de oferta ocasionada pela safra 2016/17 que foi muito pequena", argumentou Neto. 

Na safra 2017/18, o volume exportado aos EUA atingiu o maior nível da série história da CitrusBR. Ao todo, os americanos importaram 315,5 mil toneladas em equivalente de suco de laranja concentrado, aumento de 83% na comparação com as 172,7 mil toneladas da safra anterior. 

A receita com as exportações para os Estados Unidos na safra recém-encerrada foi de US$ 561,7 milhões, incremento de 77% ante os US$ 317,5 milhões do ciclo 2016/17, segundo a CitrusBR. 

Principal mercado para o suco de laranja do Brasil, a União Europeia importou 675 mil toneladas do produto na safra 2017/18, alta de 16% ante as 579,5 mil da temporada anterior. Na mesma base de comparação, a receita com as exportações para a UE cresceu 18%, para US$ 1,23 bilhão. Com isso, os europeus foram responsáveis por 58% das exportações de suco de laranja do país em 2017/18. 

Destino mais importante do continente asiático, o Japão importou 54,6 mil toneladas em equivalente de suco de laranja do Brasil 2017/18, crescimento de 33% sobre a safra anterior.