NOTÍCIAS
compartilhar este link
Clima favorece pomares

08/02/2019 11:36:47
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
28/03/2019
Exportação de suco de laranja têm queda de 11%

Valor Econômico - 28/03/2019 - Segundo a CitrusBR, receita alcançou US$ 1,2 bilhão queda de 8%


Os embarques de suco de laranja do país somaram 666,5 mil toneladas equivalentes ao produto concentrado e congelado (FCOJ) e renderam US$ 1,2 bilhão nos oito primeiros meses desta safra 2018/19 (julho do ano passado a fevereiro último), segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela Associação Brasileira dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR), que representa as três maiores indústrias do segmento (Citrosuco, Cutrale e Louis Dreyfus Company). Em relação ao mesmo período da temporada anterior, o volume caiu 11% e o montante foi 8% menor.

Segundo a entidade, para a União Europeia, principal destino do suco brasileiro no exterior, o volume vendido caiu 6%, para 423,1 mil toneladas, e a receita foi 2% inferior (US$ 796,2 milhões). Para os Estados Unidos, as quedas foram de 27% e 26%, respectivamente, para 190,4 mil toneladas e US$ 248,6 milhões.

“Essa queda para o mercado americano se deve à recuperação da safra da Flórida, depois de um período seriamente afetado pelos efeitos do furacão Irma”, afirma Ibiapaba Netto, diretor-executivo da CitrusBR, em comunicado.

A entidade destacou, ainda, que as exportações para a China também recuaram nos oito primeiros meses da safra, cerca de 10% em volume e valor, mas que para o Japão houve aumento, ainda que modesto. 

Ainda conforme a CitrusBR, do total exportado de julho de 2018 a fevereiro deste ano, o FCOJ em si representou 469,5 mil toneladas (queda de 17,5%), ou US$ 886 milhões, baixa de 13,8%), e o suco de laranja pronto para beber (NFC) respondeu por 198 mil toneladas (alta de 9,8%), ou US$ 208 milhões (aumento de 10,3%).