NOTÍCIAS
DO MERCADO
compartilhar este link
O pior inimigo do greening

04/02/2020 14:55:16
Britânicas anunciam fusão

11/06/2015 16:51:29
Pode ser Pepsi na NBA?

24/04/2015 16:52:15
H2Coco lança mix com café

17/04/2015 12:55:19
Starbucks aposta em delivery

24/03/2015 11:49:58
Imposto tira gás da FEMSA

16/12/2014 15:33:52
Vita Coco quer reinar na China

20/10/2014 18:19:05
MacTangerina no cardápio

02/10/2014 14:29:13
Exportações barradas

02/07/2014 11:44:03
Rótulos da discórdia

26/06/2014 11:19:54
De olho na dieta britânica

25/06/2014 11:19:54
Nova Coca-cola chega à Europa

11/06/2014 10:54:40
Ampliando mercado

23/05/2014 10:44:00
A batalha do açúcar

07/05/2014 18:07:00
Aguá pra inglês beber

06/05/2014 12:15:00
Salvação na embalagem

16/04/2014 12:11:00
O novo energético da Coca

04/04/2014 11:21:00
TV desligada

26/03/2014 15:21:00
Laranja fora da TV

18/03/2014 12:18:00
O futuro dos energéticos

13/03/2014 17:11:00
Pepsi em cápsulas

11/03/2014 13:35:00
Pepsi aposta no México

27/01/2014 13:47:00
De olho na caxinha

24/01/2014 16:43:00
Vendas não reagem nos EUA

19/12/2013 17:12:00
Dubai sem sede

18/10/2013 12:00:00
Mapa do varejo

23/09/2013 14:48:00
Suco tenta reagir nos EUA

17/09/2013 14:02:00
Suco aposta na TV

12/09/2013 12:29:00
Laranjas da África

09/09/2013 15:01:00
Monster quer entrar na Índia

15/08/2013 16:34:00
Frutas perdem espaço

25/07/2013 11:57:00
Tropicana de cara nova

14/06/2013 10:29:00
Nova York contra os sucos

04/06/2013 12:23:00
Purity mostra suas armas

06/05/2013 12:20:00
Portas abertas para a Turquia

26/04/2013 10:39:00
Investimentos à francesa

24/04/2013 11:48:00
Xenergy vai a luta

23/04/2013 12:31:00
Maçã no vermelho

23/04/2013 11:41:00
Surge mais uma gigante

22/04/2013 14:54:00
O que a Arábia quer beber

15/04/2013 16:44:00
Lucros monstruosos

12/04/2013 15:25:00
De roupa nova

25/03/2013 13:00:00
Água no refrigerante

18/03/2013 12:31:00
As bolhas da Honest Tea

13/03/2013 11:49:00
Monster made in Japan

31/01/2013 12:39:00
Sinal verde do CADE

04/01/2013 10:42:00
Laranja azeda na terra do canguru

Alta no dólar e problemas climáticos causam perdas para a cadeia citrícola da Austrália

CitrusBR_A produção de laranja na Austrália deverá cair em quase 25%, para 340 mil toneladas na temporada 2012/13. As exportações também deverão cair para 90 mil toneladas e aumento de importações para 30 mil toneladas.

A redução nas exportações foi impulsionada pela alta do dólar australiano e o aumento da concorrência com a América do Sul. Os preços baixos levaram alguns produtores a deixarem os frutos nas árvores, já que a colheita era economicamente inviável. Grandes volumes de frutas também foram transformados em alimento para o gado.

O nível de chuva em todas as principais áreas de produção de citros na Austrália foi bem abaixo da média histórica para o inverno e a primavera, que ocorre de julho a novembro. No entanto, como nos dois últimos anos houve precipitação acima da média, a maioria das árvores se recuperou bem após a última seca e não foram tão afetados.

Há previsões variadas para o inicio da temporada, mas a maioria indica chuvas bem abaixo dos últimos dois anos, com um alto grau de variabilidade de precipitação nas diferentes regiões produtoras.

O Processamento da safra 2012/13 da laranja de umbigo já está efetivamente completo, com uma redução no volume em relação ao ano passado. A colheita da safra de Valência está em curso, mas a demanda por laranjas para suco é baixo. Variedades de suco foram mais duramente atingidos pela alta do dólar australiano, com grandes quantidades de frutas caídas no chão ou transformada em alimento para o gado. Além disso, o dólar forte australiano também está fazendo com que o suco importado fique mais barato.

Temperaturas mais baixas durante os últimos dois verões também podem ter reduzido a demanda por suco. Espera-se que um retorno a temperaturas mais altas neste verão possa aumentar a demanda doméstica.

Com informações do Portal FoodNews