NOTÍCIAS
DO MERCADO
compartilhar este link
O pior inimigo do greening

04/02/2020 14:55:16
Britânicas anunciam fusão

11/06/2015 16:51:29
Pode ser Pepsi na NBA?

24/04/2015 16:52:15
H2Coco lança mix com café

17/04/2015 12:55:19
Starbucks aposta em delivery

24/03/2015 11:49:58
Imposto tira gás da FEMSA

16/12/2014 15:33:52
Vita Coco quer reinar na China

20/10/2014 18:19:05
MacTangerina no cardápio

02/10/2014 14:29:13
Exportações barradas

02/07/2014 11:44:03
Rótulos da discórdia

26/06/2014 11:19:54
De olho na dieta britânica

25/06/2014 11:19:54
Nova Coca-cola chega à Europa

11/06/2014 10:54:40
Ampliando mercado

23/05/2014 10:44:00
A batalha do açúcar

07/05/2014 18:07:00
Aguá pra inglês beber

06/05/2014 12:15:00
Salvação na embalagem

16/04/2014 12:11:00
O novo energético da Coca

04/04/2014 11:21:00
TV desligada

26/03/2014 15:21:00
Laranja fora da TV

18/03/2014 12:18:00
O futuro dos energéticos

13/03/2014 17:11:00
Pepsi em cápsulas

11/03/2014 13:35:00
Pepsi aposta no México

27/01/2014 13:47:00
De olho na caxinha

24/01/2014 16:43:00
Vendas não reagem nos EUA

19/12/2013 17:12:00
Dubai sem sede

18/10/2013 12:00:00
Mapa do varejo

23/09/2013 14:48:00
Suco tenta reagir nos EUA

17/09/2013 14:02:00
Suco aposta na TV

12/09/2013 12:29:00
Laranjas da África

09/09/2013 15:01:00
Monster quer entrar na Índia

15/08/2013 16:34:00
Frutas perdem espaço

25/07/2013 11:57:00
Tropicana de cara nova

14/06/2013 10:29:00
Nova York contra os sucos

04/06/2013 12:23:00
Purity mostra suas armas

06/05/2013 12:20:00
Portas abertas para a Turquia

26/04/2013 10:39:00
Investimentos à francesa

24/04/2013 11:48:00
Xenergy vai a luta

23/04/2013 12:31:00
Maçã no vermelho

23/04/2013 11:41:00
Surge mais uma gigante

22/04/2013 14:54:00
O que a Arábia quer beber

15/04/2013 16:44:00
Lucros monstruosos

12/04/2013 15:25:00
De roupa nova

25/03/2013 13:00:00
Água no refrigerante

18/03/2013 12:31:00
As bolhas da Honest Tea

13/03/2013 11:49:00
Monster made in Japan

31/01/2013 12:39:00
Sinal verde do CADE

04/01/2013 10:42:00
Novas regras para os refrigerantes

Portal Just-Drink - 04/02/13 - Refrigerantes terão que reduzir calorias para continuar sendo vendidos em escolas dos Estados Unidos. Associação Americana de Bebidas diz apoiar a nova medida

A Associação Americana de Bebidas (ABA, na sigla em inglês) apoiou uma proposta feita pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) que estabelece limites para a presença de açúcar em bebidas comercializadas dentro das escolas americanas. De acordo com a ABA, a proposta reflete as diretrizes da indústria implementadas há dois anos.

A proposta do USDA veta a presença de refrigerantes com mais de 75 calorias por 0,34 kg nas escolas, além de proibir refrigerantes, mesmo o que estão dentro do limite ou os livres de calorias, das áreas de refeição. "Os regulamentos propostos pelo USDA refletem o sucesso das diretrizes da indústria, que foram desenvolvidos pela Aliança para uma Geração mais Saudável e implementado em escolas de todo o país, há mais de dois anos", disse a ABA, que ressalta que tais diretrizes, feitas de forma voluntária, reduziram em 90% as calorias das bebidas enviadas às escolas entre 2004 e 2010.

As novas regras do USDA ficarão disponíveis para consulta pública pelo prazo de 60 dias antes de serem finalizadas para o ano letivo de 2014/2015.

As empresas de refrigerantes estão cada vez mais tendo que lidar com a questão da obesidade nos EUA. No mês passado, a Coca-Cola Co lançou um anúncio destacando a sua gama de bebidas de baixas calorias, enquanto a ABA está envolvida em uma batalha judicial com as autoridades de Nova Iorque, sobre uma proposta de proibição de bebidas açucaradas.

Com informações do portal Just-Drink