NOTÍCIAS
DO MERCADO
compartilhar este link
O pior inimigo do greening

04/02/2020 14:55:16
Britânicas anunciam fusão

11/06/2015 16:51:29
Pode ser Pepsi na NBA?

24/04/2015 16:52:15
H2Coco lança mix com café

17/04/2015 12:55:19
Starbucks aposta em delivery

24/03/2015 11:49:58
Imposto tira gás da FEMSA

16/12/2014 15:33:52
Vita Coco quer reinar na China

20/10/2014 18:19:05
MacTangerina no cardápio

02/10/2014 14:29:13
Exportações barradas

02/07/2014 11:44:03
Rótulos da discórdia

26/06/2014 11:19:54
De olho na dieta britânica

25/06/2014 11:19:54
Nova Coca-cola chega à Europa

11/06/2014 10:54:40
Ampliando mercado

23/05/2014 10:44:00
A batalha do açúcar

07/05/2014 18:07:00
Aguá pra inglês beber

06/05/2014 12:15:00
Salvação na embalagem

16/04/2014 12:11:00
O novo energético da Coca

04/04/2014 11:21:00
TV desligada

26/03/2014 15:21:00
Laranja fora da TV

18/03/2014 12:18:00
O futuro dos energéticos

13/03/2014 17:11:00
Pepsi em cápsulas

11/03/2014 13:35:00
Pepsi aposta no México

27/01/2014 13:47:00
De olho na caxinha

24/01/2014 16:43:00
Vendas não reagem nos EUA

19/12/2013 17:12:00
Dubai sem sede

18/10/2013 12:00:00
Mapa do varejo

23/09/2013 14:48:00
Suco tenta reagir nos EUA

17/09/2013 14:02:00
Suco aposta na TV

12/09/2013 12:29:00
Laranjas da África

09/09/2013 15:01:00
Monster quer entrar na Índia

15/08/2013 16:34:00
Frutas perdem espaço

25/07/2013 11:57:00
Tropicana de cara nova

14/06/2013 10:29:00
Nova York contra os sucos

04/06/2013 12:23:00
Purity mostra suas armas

06/05/2013 12:20:00
Portas abertas para a Turquia

26/04/2013 10:39:00
Investimentos à francesa

24/04/2013 11:48:00
Xenergy vai a luta

23/04/2013 12:31:00
Maçã no vermelho

23/04/2013 11:41:00
Surge mais uma gigante

22/04/2013 14:54:00
O que a Arábia quer beber

15/04/2013 16:44:00
Lucros monstruosos

12/04/2013 15:25:00
De roupa nova

25/03/2013 13:00:00
Água no refrigerante

18/03/2013 12:31:00
As bolhas da Honest Tea

13/03/2013 11:49:00
Monster made in Japan

31/01/2013 12:39:00
Sinal verde do CADE

04/01/2013 10:42:00
As bolhas da Honest Tea

CitrusBR - 13/03/13 - Empresa americana de chá e sucos orgânicos investe em comunicação para entrar no mercado de refrigerantes sem perder a pegada natural da sua marca

Para uma empresa focada em chás e sucos orgânicos e de baixo teor de açúcar , entrar no mercado de refrigerantes não é exatamente a decisão mais simples a ser tomada. Esse é exatamente o dilema da empresa americana Honest Tea. Durante o último ano, os executivos da companhia quebraram a cabeça pensando em como convencer os consumidores que o Honest Fizz, a nova linha de refrigerantes da empresa, não é apenas mais uma bebida gaseificada com alto teor calórico. "Consumidores de comida natural nem sequer pensam que há um refrigerante lá fora para eles", diz o executivo-chefe e co-fundador da Honest Tea, Seth Goldman.

A entrada da empresa no mercado de refrigerantes tem uma razão, visto que essa é a categoria de bebidas mais vendida nos EUA. Por outro lado, membros do conselho consultivo da empresa se mostraram preocupados que a operação nesse segmento possa arranhar a imagem construída pela marca ao longo dos anos. Nada que não possa ser superado, garante Goldman. "Não há nada de ofensivo sobre bolhas".

A missão dos designers era criar embalagens que destacassem os ingredientes naturais e de zero calorias do. Por isso o fundo das latas são brancos. "A intenção é transmitir os ingredientes simples e naturais que já ecoam nos rótulos de todos os produtos da Honest Tea", explica o diretor criativo da empresa, Michael Kravit. O refrigerante vem em quatro sabores: orange Pop, Lemon Limey, Root Beer orgânica e Professor Fizz .
As latas de 12 onças são mais finas e altas do que latas de refrigerantes tradicionais. "O que sugere que os ingredientes são mais premium do que o que você normalmente encontra", diz Kravit. As bebidas são adoçados com dois  adoçantes-eritritol naturais ou álcool de açúcar e extrato de folha de estévia. As frutas não são um ingrediente listado. A empresa diz que usa a base de sabores das plantas.

A frase "Calorie Zero" é proeminente na parte superior e inferior das latas. Porque algumas bebidas de outras empresas possuem até 100 calorias por lata, a Honest Tea queria deixar claro essa diferença.
Os designers da companhia passaram um bom tempo elaborando as bolhas perfeitas para cada lata, revela Kravit. "Eles trabalharam para torná-las realistas e para mostrar claramente que a bebida é gaseificada, mas também caprichosa para transmitir uma sensação de diversão", ressalta.

Com informações do The Wall Street Journal