NOTÍCIAS
DO MERCADO
compartilhar este link
O pior inimigo do greening

04/02/2020 14:55:16
Britânicas anunciam fusão

11/06/2015 16:51:29
Pode ser Pepsi na NBA?

24/04/2015 16:52:15
H2Coco lança mix com café

17/04/2015 12:55:19
Starbucks aposta em delivery

24/03/2015 11:49:58
Imposto tira gás da FEMSA

16/12/2014 15:33:52
Vita Coco quer reinar na China

20/10/2014 18:19:05
MacTangerina no cardápio

02/10/2014 14:29:13
Exportações barradas

02/07/2014 11:44:03
Rótulos da discórdia

26/06/2014 11:19:54
De olho na dieta britânica

25/06/2014 11:19:54
Nova Coca-cola chega à Europa

11/06/2014 10:54:40
Ampliando mercado

23/05/2014 10:44:00
A batalha do açúcar

07/05/2014 18:07:00
Aguá pra inglês beber

06/05/2014 12:15:00
Salvação na embalagem

16/04/2014 12:11:00
O novo energético da Coca

04/04/2014 11:21:00
TV desligada

26/03/2014 15:21:00
Laranja fora da TV

18/03/2014 12:18:00
O futuro dos energéticos

13/03/2014 17:11:00
Pepsi em cápsulas

11/03/2014 13:35:00
Pepsi aposta no México

27/01/2014 13:47:00
De olho na caxinha

24/01/2014 16:43:00
Vendas não reagem nos EUA

19/12/2013 17:12:00
Dubai sem sede

18/10/2013 12:00:00
Mapa do varejo

23/09/2013 14:48:00
Suco tenta reagir nos EUA

17/09/2013 14:02:00
Suco aposta na TV

12/09/2013 12:29:00
Laranjas da África

09/09/2013 15:01:00
Monster quer entrar na Índia

15/08/2013 16:34:00
Frutas perdem espaço

25/07/2013 11:57:00
Tropicana de cara nova

14/06/2013 10:29:00
Nova York contra os sucos

04/06/2013 12:23:00
Purity mostra suas armas

06/05/2013 12:20:00
Portas abertas para a Turquia

26/04/2013 10:39:00
Investimentos à francesa

24/04/2013 11:48:00
Xenergy vai a luta

23/04/2013 12:31:00
Maçã no vermelho

23/04/2013 11:41:00
Surge mais uma gigante

22/04/2013 14:54:00
O que a Arábia quer beber

15/04/2013 16:44:00
Lucros monstruosos

12/04/2013 15:25:00
De roupa nova

25/03/2013 13:00:00
Água no refrigerante

18/03/2013 12:31:00
As bolhas da Honest Tea

13/03/2013 11:49:00
Monster made in Japan

31/01/2013 12:39:00
Sinal verde do CADE

04/01/2013 10:42:00
Aumenta concentração nas compras de suco de laranja

Valor Econômico - 13/11/11 - A Refresco Gerber nasce como a maior envasadora europeia de sucos de frutas e bebidas não alcoólicas em geral e deverá absorver boa parte das exportações totais de suco de laranja do Brasi

Anunciada em abril, a fusão entre a britânica Gerber Emig e a holandesa Refresco acaba de ser concluída, num movimento que concentrará ainda mais a demanda por suco brasileiro no exterior. Conforme informações divulgadas ontem, os acionistas da Refresco terão participação de 72,5% na nova empresa e os da Gerber Emig terão os 27,5% restantes.

A Refresco Gerber nasce como a maior envasadora europeia de sucos de frutas e bebidas não alcoólicas em geral e deverá absorver boa parte das exportações totais de suco de laranja do Brasil, que domina o mercado global da commodity.

A Gerber Emig contava com cinco unidades industriais no norte da Europa e 1,7 mil funcionários, e gerou receitas de ? 801 milhões em 2012. A receita líquida da Refresco foi de ? 1,5 bilhão no ano passado. No Brasil, as grandes indústrias de suco calculam que suas vendas para a nova Refresco Berger alcançarão cerca de 150 mil toneladas por ano, ou mais de 10% do total. E a crescente concentração preocupa.

O estudo "Análise de uma Década na Cadeia da Laranja, organizado por Marcos Fava Neves, professor titular da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA/USP) em Ribeirão Preto, lembra que os envasadores são quem compram o suco de laranja brasileiro e usam a matéria-prima como base para a fabricação de suas bebidas, com diferentes misturas e marcas.

No início desta década, os dez maiores envasadores que compravam suco de laranja brasileiro no mercado internacional respondiam por 52% das exportações totais do país. Estima-se que 98% da produção brasileira de suco de laranja sejam exportadas, ou concentrada e congelada ou já pronta para beber.

Fonte: Valor Econômico