NOTÍCIAS
DO MERCADO
compartilhar este link
O pior inimigo do greening

04/02/2020 14:55:16
Britânicas anunciam fusão

11/06/2015 16:51:29
Pode ser Pepsi na NBA?

24/04/2015 16:52:15
H2Coco lança mix com café

17/04/2015 12:55:19
Starbucks aposta em delivery

24/03/2015 11:49:58
Imposto tira gás da FEMSA

16/12/2014 15:33:52
Vita Coco quer reinar na China

20/10/2014 18:19:05
MacTangerina no cardápio

02/10/2014 14:29:13
Exportações barradas

02/07/2014 11:44:03
Rótulos da discórdia

26/06/2014 11:19:54
De olho na dieta britânica

25/06/2014 11:19:54
Nova Coca-cola chega à Europa

11/06/2014 10:54:40
Ampliando mercado

23/05/2014 10:44:00
A batalha do açúcar

07/05/2014 18:07:00
Aguá pra inglês beber

06/05/2014 12:15:00
Salvação na embalagem

16/04/2014 12:11:00
O novo energético da Coca

04/04/2014 11:21:00
TV desligada

26/03/2014 15:21:00
Laranja fora da TV

18/03/2014 12:18:00
O futuro dos energéticos

13/03/2014 17:11:00
Pepsi em cápsulas

11/03/2014 13:35:00
Pepsi aposta no México

27/01/2014 13:47:00
De olho na caxinha

24/01/2014 16:43:00
Vendas não reagem nos EUA

19/12/2013 17:12:00
Dubai sem sede

18/10/2013 12:00:00
Mapa do varejo

23/09/2013 14:48:00
Suco tenta reagir nos EUA

17/09/2013 14:02:00
Suco aposta na TV

12/09/2013 12:29:00
Laranjas da África

09/09/2013 15:01:00
Monster quer entrar na Índia

15/08/2013 16:34:00
Frutas perdem espaço

25/07/2013 11:57:00
Tropicana de cara nova

14/06/2013 10:29:00
Nova York contra os sucos

04/06/2013 12:23:00
Purity mostra suas armas

06/05/2013 12:20:00
Portas abertas para a Turquia

26/04/2013 10:39:00
Investimentos à francesa

24/04/2013 11:48:00
Xenergy vai a luta

23/04/2013 12:31:00
Maçã no vermelho

23/04/2013 11:41:00
Surge mais uma gigante

22/04/2013 14:54:00
O que a Arábia quer beber

15/04/2013 16:44:00
Lucros monstruosos

12/04/2013 15:25:00
De roupa nova

25/03/2013 13:00:00
Água no refrigerante

18/03/2013 12:31:00
As bolhas da Honest Tea

13/03/2013 11:49:00
Monster made in Japan

31/01/2013 12:39:00
Sinal verde do CADE

04/01/2013 10:42:00
Peru avança nas exportações de citrus

FreshPlaza - 15/09/14 - Vendas de frutas citricas do Peru somam 106 mil toneladas e devem render faturamento de US$ 100 milhões

As exportações de frutas cítricas do Peru obtiveram bons resultados. Isso é que mostra um levantamento feito pela Associação de produtores de Citros do Peru (ProCitrus). Segundo a entidade, a uma semana do final das exportações, as vendas desse ano somavam 106,2 mil toneladas. O país exportou 67,4 mil toneladas de tangerinas. 30 mil toneladas de poncã, 6,7 mil toneladas de laranjas, 1,7 mil toneladas de limão e 400 toneladas de uva até à data.
De acordo com o gerente-geral da ProCitrus, Sergio del Castillo Valderrama, o país caminha para enviar mais de 107 mil toneladas e 107,5 mil toneladas, o que geraria um volume de negócios de cerca de US$ 100 milhões. "Os últimos embarques de Minneola tangelo e variedades tardias de tangerinas, as variedades fortuna e Malvasio, será exportado esta semana, mas tudo depende das remessas de laranja", disse ele. Ele disse que os embarques de laranja em setembro eram altas porque havia uma pequena janela, como as laranjas produzidas no hemisfério norte não entraram no mercado ea colheita no hemisfério sul foi encerrada.
Ele também disse que poderia haver uma demanda adicional para as laranjas no mundo, desde que a África do Sul deixou de embarcar laranja para a Europa, por causa da pinta negra, e da Rússia deixou de importar alimentos a partir da União Européia, EUA, Canadá, Austrália e Noruega (em resposta a sanções impostas pelo Ocidente sobre o conflito na Ucrânia).