NOTÍCIAS
DO MERCADO
compartilhar este link
O pior inimigo do greening

04/02/2020 14:55:16
Britânicas anunciam fusão

11/06/2015 16:51:29
Pode ser Pepsi na NBA?

24/04/2015 16:52:15
H2Coco lança mix com café

17/04/2015 12:55:19
Starbucks aposta em delivery

24/03/2015 11:49:58
Imposto tira gás da FEMSA

16/12/2014 15:33:52
Vita Coco quer reinar na China

20/10/2014 18:19:05
MacTangerina no cardápio

02/10/2014 14:29:13
Exportações barradas

02/07/2014 11:44:03
Rótulos da discórdia

26/06/2014 11:19:54
De olho na dieta britânica

25/06/2014 11:19:54
Nova Coca-cola chega à Europa

11/06/2014 10:54:40
Ampliando mercado

23/05/2014 10:44:00
A batalha do açúcar

07/05/2014 18:07:00
Aguá pra inglês beber

06/05/2014 12:15:00
Salvação na embalagem

16/04/2014 12:11:00
O novo energético da Coca

04/04/2014 11:21:00
TV desligada

26/03/2014 15:21:00
Laranja fora da TV

18/03/2014 12:18:00
O futuro dos energéticos

13/03/2014 17:11:00
Pepsi em cápsulas

11/03/2014 13:35:00
Pepsi aposta no México

27/01/2014 13:47:00
De olho na caxinha

24/01/2014 16:43:00
Vendas não reagem nos EUA

19/12/2013 17:12:00
Dubai sem sede

18/10/2013 12:00:00
Mapa do varejo

23/09/2013 14:48:00
Suco tenta reagir nos EUA

17/09/2013 14:02:00
Suco aposta na TV

12/09/2013 12:29:00
Laranjas da África

09/09/2013 15:01:00
Monster quer entrar na Índia

15/08/2013 16:34:00
Frutas perdem espaço

25/07/2013 11:57:00
Tropicana de cara nova

14/06/2013 10:29:00
Nova York contra os sucos

04/06/2013 12:23:00
Purity mostra suas armas

06/05/2013 12:20:00
Portas abertas para a Turquia

26/04/2013 10:39:00
Investimentos à francesa

24/04/2013 11:48:00
Xenergy vai a luta

23/04/2013 12:31:00
Maçã no vermelho

23/04/2013 11:41:00
Surge mais uma gigante

22/04/2013 14:54:00
O que a Arábia quer beber

15/04/2013 16:44:00
Lucros monstruosos

12/04/2013 15:25:00
De roupa nova

25/03/2013 13:00:00
Água no refrigerante

18/03/2013 12:31:00
As bolhas da Honest Tea

13/03/2013 11:49:00
Monster made in Japan

31/01/2013 12:39:00
Sinal verde do CADE

04/01/2013 10:42:00
Rússia fecha as portas para citrus da Europa

Freshplaza.com - 17/11/2014 - Cerca de 110 mil toneladas de frutas frescas que seriam enviadas ao país, agora esperam por novos destinos

A Rússia fechou as portas para cerca de 110 mil toneladas de citrus vindos da Europa. De acordo com a Freshfel, associação europeia de produtores de frutas e vegetais, “A situação é sem precedentes, o segundo principal importador global de citrus fechou suas portas aos fornecedores”, revelou a entidade em nota.

Em 2011, a Rússia importou 1.852.625 toneladas de frutas e vegetais. No ano seguinte, o volume chegou a 2.173.400 toneladas e em 2013 atingiu 2.184.954 toneladas. Os produtos europeus representaram 23% do total de importações no segmento em 2011, 27% em 2012 e 26% em 2013. Do total de produtos frescos exportados da Europa para a Rússia, entre 5% e 6% são de citrus.

Os países membros da União Europeia não são os únicos afetados pelo fechamento das fronteiras às exportações, embora sintam de forma mais latente os efeitos de tais medidas. Em 2013, os Estados Unidos exportaram para a Rússia 28.992 toneladas de produtos, Austrália embarcou 3.383 toneladas, enquanto Japão, Canadá e Noruega embarcaram 173, 118 e 50 toneladas, respectivamente. Somando todos esses países, o volume exportado chega a 32.716 toneladas, volume que não faz sequer sombra em relação aos 2,2 milhões de toneladas exportados pela Europa.

A questão é que diante desse cenário, a União Europeia tem o desafio de encontrar outros destinos para esses produtos frescos. A Turquia poderia ser o único país a se beneficiar da proibição russa, já que é o terceiro fornecedor depois do Equador e da União Europeia. Outros países que poderiam se beneficiar com os embargos seriam a China , Marrocos, Israel e Egito.