NOTÍCIAS
DO CAMPO
compartilhar este link
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Starbucks apoia cafeicultores

25/06/2015 11:52:08
Texas terá ajuda contra HLB

02/06/2015 12:57:45
Lista PIC

21/05/2015
Mercado espanhol segue incerto

16/03/2015 17:09:59
Licopeno contra o frio

18/02/2015 17:31:55
Greening causa perdas na China

19/01/2015 17:37:42
Produção estável no Sul

06/08/2014 12:15:39
Em busca de novas plantas

24/06/2014 11:19:54
Cancro em debate

07/05/2014 11:41:00
Todos contra o Cancro

17/04/2014 11:07:00
De olho no cancro

11/04/2014 12:11:00
De portas abertas

05/03/2014 16:27:00
Reforço Espanhol

25/02/2014 17:35:00
Uma vespa contra o greening

13/02/2014 12:22:00
Os prejuízos do frio

11/02/2014 13:29:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Califórnia abaixo de zero

12/12/2013 16:14:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Novas soluções

19/11/2013 14:33:00
Em busca de salvação

17/10/2013 13:31:00
Molécula pode salvar pomares

15/10/2013 11:06:00
Para falar de doenças

10/10/2013 12:51:00
O DNA do grenning

03/10/2013 15:07:00
Em busca de aliados

01/10/2013 12:11:00
De olho no inseto

24/09/2013 10:36:00
Capacitação contra doenças

12/09/2013 11:04:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Greening avança em SP

02/08/2013 15:24:00
Produção em queda

11/07/2013 15:46:00
Formulário contra o greening

10/06/2013 15:47:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
Um PIC contra as pragas

25/04/2012 14:34:00
Menos laranja na Flórida

12/04/2012 16:53:00
Greening causa perdas na China

Freshfruit - 19/01/2015 - Em algumas regiões, produtores relataram queda de 20% na produtividade

A menor produção chinesa de citrus, somada à retomada das exportações de laranjas da Califórnia para a China fizeram os produtores daquele país acenderem a luz amarela. Com o fim da temporada da laranja Gan’nan Navel na província chinesa de Jiangxi, a expectativa é de que a produção possa chegar perto de 31,8 milhões de caixas. 

O produtor e gerente-geral da Dachangxing Navel Orange Base, Zhu Chun possui uma propriedade de 1,2 mil acres na região sul da província de Guangzhou e diz que a qualidade das frutas foi boa na temporada passada, embora tenha havido uma queda de 20% na produção, o que pode significar a entrada da fruta no Mercado mais tarde do que o convencional.

A redução significativa do volume é devido ao greening (HLB) que assolou vários pomares na região no ano passado e resultou no corte de muitas laranjeiras. Os principais mercados de Chun incluem Shanghai e região Jiangsu, Zhejiang oriental, onde ele vende seus frutos on-line, além de comercializar para grandes atacadistas.

A colheita tardia e a baixa produção não são más notícias, já que com isso, os preços da laranja Gan'nan Navel quase duplicaram este ano, como resultado de uma menor disponibilidade no mercado. "Neste momento, o preço permanece em US$ 0,65 por quilo, acima dos US$ 0,39 do ano passado", disse Chun.

O período de colheita foi inicialmente marcado para começar no início de novembro, mas no pomar de Chun as laranjas geralmente amadurecem em meados de novembro. A colheita durou um mês, com o período de comercialização continuando até abril deste ano.

As laranjas Gan'nan gradualmente emergiram como uma marca agrícola de alto valor comercial na China. Em um relatório do Centro de Agricultura do país, o valor das laranjas Gan'nan Navel ficou em US$ 800 milhões, o segundo mais alto na categoria de frutas e o primeiro em produtos cítricos entre todos os 394 produtos agrícolas listados.

Diante da valorização da fruta, o governo de Ganzhou tornou-se muito mais empenhado em reprimir laranjas falsificados em todo o país. O Ganzhou Evening News informou que desde 1 de novembro último até 28 de fevereiro, o governo estaria despachando grupos de inspeção para os dez maiores mercados de frutas em todo o país para reprimir a venda de laranjas de contrafacção e de outras atividades ilegais, tais como a coloração artificial de produtos cítricos ."Eles estão falando sério sobre isso - Ouvi dizer que eles já confiscou uma quantidade considerável de laranjas colhidas cedo ", diz Chun.

Citrus dos EUA voltam ao mercado chinês

Desde agosto do ano passado os citrus vindos dos Estados Unidos obtiveram liberação do governo para serem comercializados novamente naquele mercado. “A princípio pensei que isso pudesse ser um problema para as nossas variedades de citrus, mas os produtos chineses e americanos apresentam diferenças em vários aspectos, inclusive no sabor”, disse Chun.

No que diz respeito a gosto, Chun enfatizou que Shanghai e na região de Jiangsu, Zhejiang os consumidores têm preferência pelo sabor doce mais forte, mas a laranja Sunkist, de polpa amarelada tende a ser mais azeda.

“A variedade Sunkist, por exemplo, já está evitando a concorrência de cabeça erguida", disse Chun. O produtor explica ainda que os americanos são espertos, já que se concentram apenas em laranjas Navel com polpa vermelha, enquanto as laranjas chinesas ainda estão na prateleira. Depois, quando acaba a temporada das laranjas chinesas, eles passam a fornecer as laranjas navel regulares. "Somente veteranos no mercado saber operar essa estratégia de forma eficaz".

O preço é outro fator importante na decisão de um consumidor a comprar laranjas, o que dá uma vantagem aos produtores chineses. Chun disse que o quilo das laranjas norte-americanas é vendida no varejo entre US $ 1,3 e US$ 1,63 - quase o dobro do valor das laranjas Gan'nan. No entanto, outras frutas que chegam às prateleiras por valores menores podem se colocar como obstáculos para os produtores de laranja. "Eu não estou tão preocupado com outros tipos de laranja porque o momento e o preço estão bons. Mas digamos que um outro tipo de fruta seja vendido a um preço incrivelmente baixo, as vendas de nossos laranjas Gan'nan serão diretamente afetadas", disse ele.