NOTÍCIAS
DO CAMPO
compartilhar este link
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Starbucks apoia cafeicultores

25/06/2015 11:52:08
Texas terá ajuda contra HLB

02/06/2015 12:57:45
Lista PIC

21/05/2015
Mercado espanhol segue incerto

16/03/2015 17:09:59
Licopeno contra o frio

18/02/2015 17:31:55
Greening causa perdas na China

19/01/2015 17:37:42
Produção estável no Sul

06/08/2014 12:15:39
Em busca de novas plantas

24/06/2014 11:19:54
Cancro em debate

07/05/2014 11:41:00
Todos contra o Cancro

17/04/2014 11:07:00
De olho no cancro

11/04/2014 12:11:00
De portas abertas

05/03/2014 16:27:00
Reforço Espanhol

25/02/2014 17:35:00
Uma vespa contra o greening

13/02/2014 12:22:00
Os prejuízos do frio

11/02/2014 13:29:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Califórnia abaixo de zero

12/12/2013 16:14:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Novas soluções

19/11/2013 14:33:00
Em busca de salvação

17/10/2013 13:31:00
Molécula pode salvar pomares

15/10/2013 11:06:00
Para falar de doenças

10/10/2013 12:51:00
O DNA do grenning

03/10/2013 15:07:00
Em busca de aliados

01/10/2013 12:11:00
De olho no inseto

24/09/2013 10:36:00
Capacitação contra doenças

12/09/2013 11:04:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Greening avança em SP

02/08/2013 15:24:00
Produção em queda

11/07/2013 15:46:00
Formulário contra o greening

10/06/2013 15:47:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
Um PIC contra as pragas

25/04/2012 14:34:00
Menos laranja na Flórida

12/04/2012 16:53:00
África do Sul tem safra maior em 2014

Iqconsulting.com - 21/01/2015 - Mexericas, laranjas e limões registraram boa produtividade e demanda

A temporada de citrus na África do Sul terminou no final de 2014 e foi positiva para as mexericas (chamada de easy peelers) e os limões, enquanto para as grapefruits a situação não foi muito boa. Com relação às laranjas, cuja temporada acabou um pouco depois, tudo indica que o volume final exportado será similar ao do último ano.

De acordo com a Associação dos Produtores de Citrus da África do Sul (CGA em inglês), os volumes exportados de mexericas alcançaram 149 mil toneladas, 18% superior ao volume de 2013. Todas as variedades de mexericas, Clementines, Mandarinas e Satsumas tiveram  maior volume exportado se comparado a 2013, mas as Mandarinas tiveram o maior crescimento. Já no que se refere aos destinos das frutas, o Reino Unido, Norte da Europa e Rússia permanecerem como os principais mercados, apesar de suas participações como grupo terem despencado de 74% para 65% em 2014.

O limão foi outra fruta com um bom ano. As boas condições do Mercado fizeram com que houvesse um aumento do volume exportado em 24% comparado com 2013, atingindo 197,2 mil toneladas. No que se refere aos destinos, os menores mercados como a Europa (continente, Reino Unido e Rússia) e a América do Norte registraram queda de apenas 1%, de 48% para 47%. 

A maior mudança foi a troca de quota de mercado entre o Oriente Médio e Extremo Oriente. O primeiro perdeu 8% , enquanto o segundo aumentou sua participação para 9%, fechando a temporada atual com 19%. Em Grapefruit as exportações caíram, juntamente com a estimativa inicial da CGA, encerrando o ano com 234 mil toneladas, ou 14% a menos que no ano passado. No caso das laranjas, tudo indica que o volume total permanecerá o mesmo com a última temporada, devido ao aumento das exportações de laranjas Navel e da queda em Valência.